13 de novembro de 2012

Eu confesso...

... detesto aquelas pessoas armadas em "tias" armadas em jet set, cheias de tiques, de olhares indiscretos e com a mania que são muito finas, muito importantes, que só elas é que se sabem vestir, falar e até mesmo comer. Para mim são seres tão desprezíveis que até chegam a dar dó de viverem naquele mundinho tão cheio de paneleirices, tão mesquinho, que acabam por esquecer-se simplesmente de viver a vida tal como ela é.