11 de novembro de 2012

Não gosto # 7...

Daqueles comerciais dos bancos que costumam estar nos centros comerciais e nas ruas. Bem sei que é o trabalho deles e blá blá blá. Mas a verdade é que se tornam chatos e inconvenientes com tanta insistência  uma pessoa diz não quero obrigado, mas elas lá vem atrás de nós, a oferecer isto, aquilo e mais o outro. Na sexta-feira, lá veio uma rapariga atrás de mim, "menina, menina que idade tem?" e eu lá lhe disse "27", escusado será dizer que a rapariga ficou muito séria a olhar para mim tenho quase a certeza que nem 18 anos me dava mas à frente... e lá continuou "Trabalha? Está desempregada" neste instante só me passou pela cabeça o seguinte "Trabalhar? Eu? Naaaa eu não preciso de trabalhar, até logo" a rapariga ficou muito séria e eu lá continuei o meu caminho e deu-me cá uma vontade de rir do carago, não sei como me saiu tal coisa, mas a verdade é que saiu. Uma coisa é certa, livrei-me dela num instante.